Nero e Maria

Padrão

Nero e Maria brincando..

( acessem o vídeo no link acima)

Esse post é só pra mostrar um pouco de alguns dos meus pacientes e contar a historinha deles resumidamente.

O gato preto é o Nero e a rajadinha é a Maria. Eles pertencem à Izilda, a Ju e ao Airton que ainda tem o Nino( gato) e mais dois cachorrinhos. Era fim de janeiro de 2008 quando a Ju abriu a janela do quarto dela e lá estava o Nero,sem família, pequeno mas logo foi recolhido por essa família que já fez tanto pelos animais, os deles, os dos outros e os abandonados que eles ajudaram a resgatar.

A Maria estava ,pequenina também ,abandonada numa casa perto da casa deles, junto com a irmãzinha, no final do ano passado. Não se sabe se a família se mudou e as deixou lá sozinhas ou se as colocaram lá depois. O fato é que tiveram até que pular o portão da casa que não tinha ninguém, e ainda as gatinhas estavam super assustadas e famintas, mas no fim foram todos pra casa da Izilda.

Infelizmente, quem trabalha e ajuda os animais sabe que a maioria deles não tem um final feliz assim, por isso falamos tanto em castração, em posse responsável, mas a verdade é que a situação ideal para eles está ainda muito longe de acontecer.

Bom, mas se você deseja que seu amigo felino ou canino ou até os dois apareçam por aqui , me mandem fotos , vídeos , que eu adorarei contar a história de cada um deles. Se tiverem dúvidas, podem me deixar uma mensagem aqui no blog ou até aqui Isa Casline Veterinária.

Toxoplasmose e as mulheres grávidas

Padrão
IMG-20140905-WA0016

Pandora, 2 anos, proprietário: André Carvalho. Não tem cara de quem faz algum mal à alguém ne?

Recebo muitas mulheres com dúvidas sobre esse importante tema. Dúvidas não somente, como também com muitos medos. Muitas já querendo doar o pobre do gato porque ouviram da vizinha, da tia ou de qualquer conhecido que o gato faz muito mal a uma mulher grávida e que ela pode abortar. Primeiro vamos explicar resumidamente o que é a toxoplasmose: É uma doença infecciosa , causada pelo protozoário toxoplasma gondii, que sim,  acarreta sérios danos a gestação e pode causar abortos, como nascimento de fetos mal formados. O gato e outros felinos são os hospedeiros definitivos e eliminam os oocistos( ovos) do protozoário através das fezes. Eles adquirem esses cistos ingerindo pássaros ou ratos. E então começam a eliminar esses oocistos ( prestem bem atenção nessa parte!) por um período de até 15 dias,sendo que provavelmente esta será a ÚNICA vez que o gato irá eliminar esses oocistos durante sua vida. Esses oocistos então no ambiente , levam de um a cinco dias para se tornarem infectantes. A transmissão ocorre pela ingestão de alimentos infectados por esses oocistos, como verduras mal lavadas e carnes mal passadas, lembrando que o gato faz o cocô na terra o que pode infectar hortas e animais de consumo que consumam essas verduras, como porcos e carneiros. Isso quer dizer que a simples presença do gato na sua casa nao fará com que vc se infecte com a doença. Primeiro porque você precisaria ingerir esses oocistos através das fezes do seu gato, o que é bem improvável né?Resumindo, você precisaria ingerir o cocô do gato( hein??) E segundo porque mesmo que seu gato tenha tido contato com a doença ele eliminou ou eliminará esses oocistos uma vez na vida dele! E segundo toda a literatura veterinária , a forma mais fácil de alguém se contaminar com o toxoplasma não é tendo gatos e sim ingerindo carne mal passada. Só pelo simples fato de se limpar a caixinha de areia do gato uma vez ao dia, já torna o risco de contaminação muito baixo, uma vez que o oocisto demora de um a cinco dias para se tornar infectante, no ambiente. E outras coisa importante citada na literatura, é que dados indicam que mais da metade da população do mundo tem anticorpos específicos contra a doença, o que significa que essas pessoas já estiveram infectados pela doença, mas não desenvolveram os sintomas. Então, o conselho para as gestantes é de que deixem para outra pessoa limpar a caixinha de areia do seu bichano e principalmente, evitem comer carnes mal passadas e cuidado com verduras também! Tá vendo, não precisa se desfazer do seu bichinho não!!  E cuidado com os terrorismos sobre esse assunto por aí. Na dúvida, sempre consulte um médico veterinário.
Precisando de alguma orientação, deixe um recado pra mim aqui Isa Casline Veterinária

Atendimento Veterinário Domiciliar

Padrão

ambulancia

Esse é o meu primeiro post. Do primeiro blog que faço na vida.

Nesse primeiro ” filho” só queria falar do meu trabalho. Sou médica veterinária , sou clínica geral e também especialista em dermato. Já atendi em diversas clínicas, atendo ainda hoje em parte do meu tempo. Mas o que eu gosto mesmo de fazer é ir na casa dos outros. Não de qualquer um, mas ir na casa dos meus clientes. É gratificante ver o acolhimento que recebo,as histórias compartilhadas por eles e no meio disso tudo poder tratar do bicho no conforto da sua casa. Eu sei, dá trabalho. Tenho muito amigo que não suporta fazer esse tipo de atendimento porque o bicho fica todo seguro de si e muitas vezes arredio , mas eu sempre gostei. Gosto dessa proximidade, de saber como é a casa onde o bicho mora.

Tenho muito cliente que nao dirige, ou o bicho é muito grande ou ainda amantes de gatos que sabem que o bichano se estressa ao sair de casa. Em casa, consigo fazer consultas gerais, vacinações ,aplicações e ainda encaminhar para exames e se houver necessidade , fazer o transporte para um centro clínico que faça internações ou cirurgias. Tudo isso com meu acompanhamento.

Agora ,montei um blog, para que as pessoas possam entrar em contato com meu trabalho e também interagir comigo através dele.

Espero que todo mundo goste. O que não falta aqui é carinho, vontade de trabalhar , vontade de ajudar!

Se tiver alguma dúvida, pode entrar em contato comigo através da minha fanpage Isa Casline Veterinaria. Tô esperando, hein?