Alimentos perigosos aos felinos

Padrão
Fonte: fofuxo.com

Fonte: fofuxo.com

Escrevi há um bom tempo atrás, sobre alimentos que podem fazer mal aos cães e agora resolvi estender o assunto aos felinos, para que possamos sempre estar informados, já que sabemos que muitos donos também gostam de agradar os bichanos com petiscos.

Gatos são animais essencialmente carnívoros, portanto em sua dieta deve conter proteína animal , que é da onde vem a taurina, aminoácido essencial a saúde cardíaca e visão do gato.

As rações balanceadas são as mais indicadas até o momento, por conterem nutrientes em quantidades estudadas e adequadas. Muita gente aderiu a dieta caseira também para os felinos, mas deve-se certificar que todos os nutrientes necessários aos felinos estejam de acordo.

Petiscos como iogurte( que eles adoram) e atum podem ser dados esporadicamente e não farão nenhum mal.

Tome muito cuidado com alimentos temperados com alho e cebola que contem uma substancia que pode causar anemia grave , já que promove a destruição de glóbulos vermelhos, podendo levar o gato à morte.

Gordura animal, que é altamente calórica, também pode ser perigosa, já que pode provocar obesidade, vômitos e diarréia e também pancreatite. Nada de ficar dando gordurinha do bife pro seu gato!

Gatos não são muito chegados a frutas e verduras, mas vai que o seu bichano tem um apetite diferenciado, não è? Nesses casos, evite uva, que assim como nos cães , pode causar lesão renal aguda.

E em relação ao leite? Bom, gatos adultos não possuem mais a lactase para quebrar a lactose que o leite possui, então o leite pode causar também vômitos e diarréias. Já existe no mercado pet várias opções de leite específicos para cães e gatos, então você não precisa dar o que você consome.

Existem também muitos relatos de gatos que podem comer ração de cachorro. Isso não é bom, já que cães e gatos tem necessidades nutricionais diferentes e se o seu gatinho só comer a ração do cachorro, vai ter deficiências graves.

Ração úmida? Sim, ela pode ser dada, de acordo com a idade e necessidade do seu gato, juntamente com a ração seca, mesmo porque ela contribuiu na ingestão de água, o que é muito importante para um gato com problemas urinários, por exemplo. Cuidado só com a validade dela, porque ela estraga muito rápido.

Mais dúvidas? Deixe sua pergunta aqui no blog, ou lá na fan page Isa Casline Veterinária

Por que os gatos ficam eriçados?

Padrão

images (1)

Dentre os muitos comportamentos felinos , que são considerados ” estranhos ” pelas pessoas, este é um dos mais comuns.

De repente, seu gatinho se depara com outro gato, ou outro animal, ou qualquer coisa que ele considere estranho e pronto, ele levanta os pêlos do corpo todo, parecendo maior do que é. E, na verdade, essa é a real intenção dele, já que esse comportamento acontece quando eles se assustam com alguma coisa e não que necessariamente irão atacar aquela coisa. Sendo assim, eles ” aumentam” seu tamanho para o objeto estranho, parecendo ser maior e mais assustador e quem sabe assustar também o possível oponente. Junto ao eriçamento dos pelos, eles também conseguem arquear as costas, formando uma corcova e então, passam a andar de lado. ( quem não se diverte com um gatinho filhote fazendo isso várias vezes?)

Agora , se além de tudo isso o gato ainda apresentar pupilas dilatadas, boca aberta com dentes à mostra e estiver bufando,  a chance de acontecer um ataque é grande. E também há gatos que atacam tendo mostrado eriçamento somente numa faixa estreita sobre a coluna vertebral. Embora ainda há muita gente que acredite nisso, um gato não ataca facilmente e nem á toa, já que o instinto natural dele ao se deparar com algo que o assuste é simplesmente fugir.

Para dúvidas entre em contato através da fan page Isa Casline Veterinária.

Porque tanto preconceito contra os felinos?

Padrão

Sem título

Eu já tinha escrito num texto anterior sobre o ronronar dos gatos, sendo esta uma das muitas características que fazem com que os gatos sejam tão incompreendidos e além de tudo, temidos. Existem pessoas que tem verdadeira aversão aos bichanos e eu amante deles desde pequena, vejo o quanto misticismos e desconhecimento a respeito da espécie contribuíram pra esse panorama.

O gato, lá no Antigo Egito, teve seu momento ” DIVO”, onde era adorado como um deus, o que pode ser comprovado em várias estátuas e desenhos da época, que mostram as representações divinas na forma de um gato. Faraós eram mumificados e enterrados com seus gatos. Eram símbolos de liberdade, fertilidade e felicidade.

Representação da deusa Bastet, no Antigo Egito.

Representação da deusa Bastet, no Antigo Egito.

Chegando, então, na Idade Média, os gatos passaram a ser associados a ritos pagãos e o paganismo foi considerado heresia pela Igreja Católica, e assim os gatos passaram a ser vistos como demoníacos, o que causou a morte de muitos deles, que eram inclusive queimados nas fogueiras com suas donas, que eram acusadas de bruxaria( que coisa mais triste). O preto ,era um dos mais temidos, o que gerou muita superstição ao redor dele, que perdura até hoje.

Só que aí, como não haviam mais gatos, o que aconteceu? Era lá pelo século 17, e vocês podem imaginar como eram as condições de higiene da época , os ratos passaram a infestar as cidades, causando doenças que assolaram a Europa, matando milhares. E aí, decidiram que sim, precisavam dos felinos, para eliminar os ratos e eles então voltaram a conviver com os humanos,porém o misticismo continua até hoje.

O que as pessoas precisam entender é que um gato tem um comportamento completamente diferente do cachorro. Eles são muito mais independentes , mas isso não quer dizer que sejam traiçoeiros ou que só gostem da casa e não do dono. Eles são apenas diferentes do cão, não menos amorosos. Eu costumo arriscar e dizer que quem fala isso nunca teve um gato, porque quando tiver, poderá constatar o quanto eles são carinhosos e adoram a companhia dos donos. Só não espere rabos abanando, nem demonstração esfuziante de alegria, porque quem faz isso é um cachorro, mas você também terá um amigo te esperando na porta quando chegar, que pulará no seu colo ronronando de felicidade porque você está ali com ele , ou simplesmente deitado ao seu lado no sofá te fazendo companhia enquanto você lê.

Eu tenho quatro, hoje em dia, e sei bem do que estou falando.

Se tiver dúvidas, entre em contato na fan page Isa Casline Veterinária