Obesidade em cães

Padrão

 

 

 

 

pexels-photo (1)Cachorros gordinhos são bonitinhos de se ver. Mas não são bichinhos 100% saudáveis.

A obesidade é um grande mal também do mundo animal. E assim como em nós, pode causar inúmeros problemas, como problemas cardíacos, diabetes,  problemas osteo articulares, maior risco em anestesia, problemas respiratórios.

Existem muitas causas que podem levar um animal a ser obeso, como funcionamento inadequado da tireóide, das glândulas adrenais, o que levaria a um desequilíbrio hormonal.

Alguns animais tendem a engordar após serem castrados, mas a culpada nao é a esterilização e sim o fato de que o animal se torna mais tranquilo, sem picos hormonais, o que pode fazer com que fiquem mais sedentários e comilões.

O stress também pode levar ao ganho de peso, já que animais ativos acabam ficando sedentários e ansiosos por descuido do próprio dono que deveriam realizar mais atividades físicas com esses animais.

Mas a principal causa ainda é a má alimentação. O gasto calórico acaba sendo menor do que o número de calorias que o animal está consumindo, fazendo com que haja o acúmulo de gordura. Todo mundo conhece cães que comem pizza, carnes gordurosas, pães e massas, e até refrigerante e doces. Esses animais ou já são obesos ou ficarão obesos. Isso se não tiverem intoxicação alimentar antes pelo excesso de alimentação indevida.

E se meu cachorro já for obeso, o que posso fazer?

Primeiro, levar seu animal para uma avaliação veterinária, onde serão pedidos exames para avaliar possíveis alterações hormonais e se não houverem será indicado uma dieta mais adequada para reduzir a gordura

O proprietário é quem terá que ter muito comprometimento com a alimentação adequada do animal e não ficar com dó quando o cão ficar pedindo tudo que as pessoas estão comendo. Isso é uma questão de habituar mesmo o cão.

Começar a exercitar seu cão. Não precisa sair fazendo corridas de léguas com ele. Caminhadas diárias já ajudam bastante. Brincadeiras em casa como correr atrás de bolinha e pega pega também funcionam bem e  diminuem o estresse.

Leve a cada mês ao veterinário para acompanhar o emagrecimento.

Algumas raças são mais predispostas a engordarem como: Pugs, Basset Hound, Labrador, Golden Retriever, Beagles, Bulldogues e outros. Mais atenção a essas raças.

Outras dúvidas? Fale comigo na fan page Na casa do bicho- Isa Casline Veterinária.

 

 

 

 

Artrite em cães

Padrão
Imagem: Animal: Vida. Fonte: Pet Acus Acupuntura.

Imagem: Animal: Vida. Fonte: Pet Acus Acupuntura.

No frio, além de outras patologias já citadas no blog, temos também essa, que é muito comum em cães com idade já mais avançada. Ela  pode ocorrer em qualquer época do ano, mas é no inverno que a manifestação de dor é mais intensa, geralmente.

Ocorre uma inflamação de uma ou mais articulações , nas regiões de quadril, patelas e até escápulas. O animal começa a sentir dor ao se levantar, subir escadas ou móveis e até no caminhar. Pode ocorrer um inchaço local e febre. Animais obesos podem ser mais acometidos devido ao excesso de peso que as articulações suportam por anos, acarretando assim um maior desgaste, mas a artrite pode ocorrer também em animais já geneticamente predispostos, como cães de grande ou médio porte, ao se tornarem mais idosos.

As articulações se desgastam naturalmente com o tempo, sendo um processo progressivo, por isso importante identificar o quanto antes para que se diminua o progresso da doença.

O diagnóstico é feito basicamente através do exame de raio-x.

Para diminuir as dores e inchaços, existem no mercado antiinflamatórios e analgésicos específicos para esse problema , assim como regeneradores articulares que agem contendo a progressão da artrite. Esses últimos podem e devem ser dados por tempo indeterminado, diminuindo muito as crises agudas de dores nas épocas mais frias. Hoje em dia, também contamos com a prática da acupuntura, que melhora muito os sintomas da doença, sendo altamente recomendada nesses casos, inclusive como tratamento complementar ao tratamento tradicional.

Portanto, assim que perceber que seu cachorro, que já apresenta mais idade, estiver mancando, com dificuldades para se levantar, não demore em procurar o médico veterinário, que saberá dar uma qualidade de vida muito melhor para o seu animal.

Dúvidas? Escreva aqui no blog ou na fan page Isa Casline Veterinária.