O sumiço da Pelota

  Hoje eu só queria falar da Pelota, aí em cima! Ela é a gatinha da minha prima Vanessa, que a resgatou bem pequena mesmo e a criou na mamadeira. Na ultima sexta feira 13, a Pelota desapareceu. Sim, sexta feira 13! Sempre postamos coisas nas redes sociais e falamos aos clientes dos perigos de se deixar gatinhos pretos vagando por aí, porque infelizmente ainda tem muita gente ignorante que faz maldade com eles. E muita gente que os usa para rituais em certas crenças. Mas a Pelota, já castrada, nem saía de casa, mal ficava no quintal e nem […]

Continue lendo

Micoplasmose (antiga hemobartonelose)

  No post passado, falei sobre as hemoparasitoses que podem acometer os cães. Mas muita gente não sabe é que os gatos podem desenvolver também um tipo de doença trazida pelo carrapato e também por pulgas ou piolhos. Há ainda a transmissão transplacentária , quando a gatinha infectada transmite a bactéria aos seus filhotes. Esta doença se chama micoplasmose. Ela pode ainda estar no animal de forma assintomática, aparecendo apenas quando o animal tem uma queda no seu sistema imunológico, devido a estresse ou outras doenças debilitantes. Os sintomas incluem apatia, anemia, aumento do baço, febre e emagrecimento progressivo, entre […]

Continue lendo

Doença do carrapato (hemoparasitose)

  Eu morei por seis anos em Ribeirão Preto. Pra mim, lá era o reino central dos carrapatos. Impressionante como lá os cães pegavam esses bichos e assim, a incidência da doença ,que pode ser transmitida por eles era bem alta. Quando me mudei pra São Paulo, notei que até então, a incidência das hemoparasitoses era bem baixa. Porém, venho notado, principalmente com o aumento da temperatura, que a realidade tem mudado. Animais que antes sofriam apenas com pulgas, agora sofrem com os tais carrapatos e assim, aparecem as doenças. A erlichiose e a babesiose são transmitidas através da picada […]

Continue lendo

Alimentos que podem fazer mal ao seu peludo!

Por sugestão de uma amiga minha, que tinha algumas dúvidas sobre o assunto, resolvi escrever esse post, já que também,muitos dos meus clientes não conseguem resistir aos apelos dos amigos de quatro patas e estão sempre dando algo da nossa mesa para eles beliscarem, sem saber que podem estar causando muito mal ao animal. Chocolate: Eu sei é ótimo, PRA GENTE! MAS nem pense em oferecer ao seu cão ou gato, porque o chocolate, principalmente o escuro, contém teobromina, que está presente no cacau e é uma substância parecida com a cafeína, podendo causar sintomas como vômitos, taquicardia, aumento da […]

Continue lendo

Bicho Geográfico?! Oi??

Estava conversando com uma amiga, que como muita gente no período de festas( assim como eu) ,foi para a praia descansar e se divertir. Ela me disse então que achava que tinha tomado uma picada no pé, mas que estava dolorida demais e inchada e quando foi ao médico, descobriu que na verdade era o tal bicho geográfico. Assim, resolvi escrever esse post , pra alertar as pessoas que viajam com ou sem seus cães e gatos para a praia,sobre esse bichinho meio chato. Como que a gente pega isso?? O bicho geográfico, conhecido cientificamente como Larva Migrans Cutânea, pode […]

Continue lendo

Levando seu pet com você… de ônibus ou avião!

No post anterior , falei do transporte dos animais no carro, mas muitas pessoas querem levar seu bichinho pra outros destinos ,necessitando para isso o transporte em ônibus ou avião. A primeira coisa a se fazer é ligar nas companhias aéreas ou rodoviárias e se informar das exigências e documentos necessários para o embarque do animal. Cada uma segue um protocolo. Existem linhas rodoviárias que permitem que você carregue seu animal junto com você se ele tiver até 8 kilos e outras permitem apenas animais menores. Companhias aéreas geralmente levam seu animal junto com você se ele tiver até 5 kilos, […]

Continue lendo

Viajando com seu peludo….de carro!

Este é mais um post da série “posts de final de ano”. Anteriormente eu falei sobre hotelzinho para animais, uma opção bem procurada para quem vai viajar e deixar seu animal sendo cuidado por pessoas responsáveis. Mas, tem aquelas pessoas que podem e não abrem mão de levar seu peludo junto nas viagens. Hoje em dia já existem alguns hotéis que aceitam animais, para nossa alegria. E também pessoas que levam os companheiros tanto  para casas na praia, chácaras e etcs. E como proceder nesse caso? Algum cuidado especial? Bom, primeiro deve se pensar na segurança deles. O certo é […]

Continue lendo

Vou viajar no final do ano! O que fazer com meu bichinho?

Dezembro chegou e com ele quero iniciar uma série de posts sobre dúvidas comuns nessa época. A primeira delas é aonde deixar, em segurança, seu bichinho pra ser cuidado nessa época. Realmente esse é um assunto sério, já que existem inúmeros locais que oferecem o serviço de hotel, mas nem todos são confiáveis. Existem por aí histórias muito tristes de bichos deixados em hotéis pelos seus donos nessa época e que quando voltaram , tiveram a notícia de que seu cachorro havia simplesmente fugido e desaparecido. Como é o caso do Nino, que desapareceu do hotel onde estava hospedado, na […]

Continue lendo

Argh!! Pulgas!!! Como controlar??

Controle de Pulgas O calor está chegando e aumentando e com ele , temos maior incidência de um probleminha bem chato para os donos dos peludos. Pulgas!! Elas podem parecer inofensivas e tem até aqueles que acreditam que devem fazer parte dos cães e gatos, pois é natural. Mas não é bem assim. As pulgas adultas vivem permanentemente na pele e se alimentam de sangue de seus hospedeiros. Infestações severas podem causar anemia, principalmente em filhotes. Cada alimentação da pulga dura em torno de 15 minutos, podendo uma pulga sugar cerca de 15 vezes seu peso corporal em sangue. As […]

Continue lendo

Piometra! Mas o que é isso?

Você ouviu do seu médico veterinário que sua cachorrinha ou gatinha , está com Piometra. O nome te assustou! Sim, é uma doença séria, mas se tratada rapidamente, o animal volta à ficar sadio em pouco tempo. A Piometra é uma infecção bacteriana que ocorre no endométrio, lá dentro do útero, causada por uma exposição prolongada ao hormônio progesterona. Ocorre uma hiperplasia ( aumento) desse endométrio, acumulando líquido no lúmen do útero, somado ainda à diminuição das defesas imunitárias locais, principalmente em cadelas ou gatas de meia idade para cima, tornando o meio uterino propício a multiplicação bacteriana. As fêmeas […]

Continue lendo