O abandono de cães idosos.

Padrão

cachorro-velho-idoso-petrede Essa semana, eu estava com muitas dúvidas sobre qual assunto postar no blog, já que criei um hábito de postar semanalmente. Até que conversando com uma amiga, ela me contou sobre um caso no mínimo muito triste. E que se repete aí aos montes: o abandono de cães idosos. Estou falando de cachorros, porque gatos idosos, segundo a opinião de muita gente, dá muito menos trabalho que o cão, já que o felino por si só já é um bicho tranquilo e dorminhoco, imagina então com a idade avançada. Já o cão, muitas vezes, quando a idade chega, apresenta diferenças no comportamento, muitas das quais os donos estranham , como: agitação noturna, se esconder em lugares como canto do sofá, atrás de cadeiras , pode esquecer comandos simples, ficar apático ou mais hostil e ainda apresentar problemas mais sérios como um AVC. Isso porque com  a idade, os vasos sanguíneos se deterioram  e a oxigenação cerebral pode ficar insuficiente. Felizmente hoje em dias já temos medicamentos que melhoram muito esses sintomas, devolvendo a qualidade de vida para os velhinhos. É só consultar o veterinário. Mas o que minha amiga me contou foi que o cão da pessoa que ela conhecia, que já é bem idoso, apresentou agitação noturna e está fazendo as necessidades fora do local, isso tudo depois deles terem mudado de casa, e o que a moça quer fazer? Se desfazer do bicho, porque o marido disse que se ele ficar, sai ela e o cachorro. Lembrando que o cão está com a pessoa antes dela casar! E ela está cogitando deixar o cachorro num quintal de outros parentes , que não gostam de animais e muito menos cuidam, sendo que ele está acostumado a ficar dentro de casa. Isso tudo porque o comportamento dele se alterou de uns tempos pra cá e os está incomodando. Já informei que ele pode sim morrer de depressão. Já informei que existem medicações e também informei que existe uma coisa chamada posse responsável, que significa que se ela é proprietária dele , é dever dela zelar pelo bem estar do animal até o fim da vida dele! Nunca, gente, pensem no abandono do seu animal idoso! É triste demais pro animal; sim, eles sofrem sem os donos, e depois ainda de tantos anos, o sofrimento é quase letal. Se seu animal está apresentando comportamentos estranhos, depois de uma certa idade, vá consultar seu veterinário e logo tudo será resolvido. Para dúvidas, entre na fan page Isa Casline Veterinária