Porque vermifugar os peludos?

Padrão

golden-retriever-foto-capa-330x193

 

Fazer a vermifugação do seu pet é uma coisa simples e muito necessária. Mas muita gente acaba esquecendo. Porque então devo me preocupar com a vermifugação, tanto de cães, como de gatos?

Quando filhotes, os vermes podem acarretar maiores prejuízos a saúde, já que fica comprometido o total aproveitamento de nutrientes, podendo levar o animal a presentar anemia, seguida de fraqueza, falta de apetite, queda de imunidade, podendo ser então uma porta de entrada à outras doenças. O filhote ainda pode apresentar vômito e diarréia, fortes dores abdominais e sendo a quantidade de vermes parasitando muito grande, o animal pode vir à óbito.

Em cães adultos, os vermes podem causar também apatia, pelos fracos, e todos os sinas acima citados, porém mais brandos.

Esses vermes podem parasitar o homem também, aumentando ainda mais a importância da vermifugação.

O esquema de vermifugação deve ser feito de acordo com a idade do animal. Quando filhote, devem ser vermifugados assim que desmamam e depois em datas alternadas com as vacinas . Quando adultos, podem ser vermifugados a cada seis meses ou um ano. E atenção para animais que tenham pulga, já que a pulga também transmite vermes. Além de dar o vermífugo, o animal também deverá receber tratamento antipulgas.

O médico veterinário será quem irá te orientar corretamente sobre quais vermifugos a serem dados e em quais datas devem ser dados.

Mais dúvidas, deixe um comentário aqui no blog, ou acesse a fan page Na casa do bicho- Isa Casline Veterinária

 

Benefícios da castração para os bichanos.

Padrão

72757_Papel-de-Parede-Gatos-Malhados_1280x1024

Veterinário sempre bate muito nessa tecla da esterilização. Tentamos sempre explicar, da maneira mais clara para o proprietário porque é tão importante castrar o seu animal.

Esse post será dedicado à importância de se castrar os felinos.

O número de felinos vem aumentando muito nos últimos dez anos no Brasil, o que anda contribuindo para o aumento da castração destes, que gera um aumento na qualidade de vida dos animais. Mas porque?

Gatos que vivem em casa gostam de perambular pela vizinhança. Quando não são castrados, especialmente os machos, estão sempre demarcando seu território com urina e entrando em brigas com outros gatos da região, o que pode transmitir muitas doenças sérias, além de feridas profundas . Vizinhos reclamam quando o gato usa seu jardim como banheiro e como sabemos, muitos animais podem ser envenenados por isso, além de sofrerem agressões físicas. As fêmeas acabam saindo de casa quando estão no cio , e além de voltarem também feridas, acabam voltando prenhes. É fato que um animal não castrado tem uma qualidade de vida muito inferior, além de uma expectativa de vida menor que aquele animal castrado. O animal castrado não terá necessidade de marcar seu território e nem de acasalar, portanto se tornará um animal mais caseiro. No caso de animais que vivem dentro de casas ou apartamentos, não ocorrerá aquela situação desagradável quando o animal urina por toda parte.

A castração é uma cirurgia simples. Machos se recuperam logo no dia seguinte e as fêmeas levam uma semana para a retirada dos pontos. O centro de controle de zoonozes cadastra tanto cães quanto gatos para esterilização gratuita em clínicas credenciadas, assim como clínicas particulares também fazem esse procedimento. Animais adultos podem ser castrados, mas a idade ideal é ainda quando filhote, sendo a recuperação bem rápida.

Mais dúvidas sobre castração de gatinhos, entre em contato aqui ou na fan page Isa Casline Veterinária

Picadas de insetos. Porque elas são perigosas?

Padrão

abelha 2 TL

É muito comum , no meu dia a dia, atender chamadas de proprietários desesperados porque seu bichinho foi lá brincar com uma abelha, marimbondo ou outro inseto e acabou sendo picado. As pessoas se assustam já que os sintomas iniciais são bem agudos, como animal muito inquieto,andando de um lado pro outro, coceira intensa do local picado, onde o animal se coça esfregando o local no chão, ou até na parede , em alguns casos vômitos, dependendo do quão peçonhento seja o inseto e logo depois vem aquele que mais assusta, o edema da face.

Famoso Edema de Face!

Famoso Edema de Face!

O edema se caracteriza pelo inchaço da face, demonstrando uma reação alérgica bem mais intensa. O perigo está justamente aí, se por acaso o animal for bem mais sensível e apresentar um choque anafilático, com edema da glote , que ocasionará uma intensa dificuldade respiratória , com um risco grande de sufocamento. Nem todos os animais possuem essa sensibilidade; a grande maioria sente um desconforto e apresenta um inchaço na face que logo desaparece assim que medicado, mas já que não dá pra saber qual animal, sendo ele cão ou gato, terá esse tipo de reação alérgica mais intensa , o ideal é que você corra até o veterinário assim que ele apresentar esses sintomas e você suspeitar da picada. Quanto antes o animal for medicado, menor será o risco dele apresentar o choque anafilático. E eu ainda recomendo para proprietários que já passaram por essa experiência, sabendo que seu animal é alérgico, a deixar sempre um medicamento antialérgico em casa para emergências . Assim o animal pode ser medicado antes até de chegar ao atendimento veterinário. Caso tenham dúvidas, deixe um recado aqui no blog ou na fan page Isa Casline Veterinária

O transporte de cães e gatos nos ônibus municipais paulistanos

Padrão

viagem-de-onibus-com-o-cachorro

Para felicidade de muitos proprietários, há pouco mais de um mês já está em vigor, a lei que permite o transporte de cães e gatos dentro dos ônibus municipais.

Mas como ela funciona?

Os animais que podem ser transportados são os cães até 10 kilos e gatos, sendo que tem que estar dentro de caixinhas de transporte. O ônibus não pode levar mais que dois animais por vez e também não é permitido levar animais nos horários de pico, que são entre 6 e 10 horas da manhã e entre as 16 e 19 horas. O proprietário deve portar a carteirinha de vacinação que tem que estar em dia e deve-se pagar o preço cheio da passagem que é de R$ 3,50.

E como as pessoas estão reagindo a essa novidade?

Segundo li na internet , os relatos são de que os animais são bem recebidos pelos motoristas e cobradores e pouca gente se incomoda, mesmo quando o proprietário usa um assento para apoiar a caixinha com o animal dentro. Houve muitos casos em que não foi cobrada a passagem do peludo, embora conste na lei que deve ser paga. Para os proprietários, mesmo que a passagem tenha que ser paga, é muita vantagem já que o único meio até então de transportar o animal era com o taxi dogs que cobram um valor bem maior para esse serviço especializado.

E você, já levou seu bichinho dentro do ônibus? Conte pra gente aqui no blog ou na fan page Isa Casline Veterinária

Por que os gatos ficam eriçados?

Padrão

images (1)

Dentre os muitos comportamentos felinos , que são considerados ” estranhos ” pelas pessoas, este é um dos mais comuns.

De repente, seu gatinho se depara com outro gato, ou outro animal, ou qualquer coisa que ele considere estranho e pronto, ele levanta os pêlos do corpo todo, parecendo maior do que é. E, na verdade, essa é a real intenção dele, já que esse comportamento acontece quando eles se assustam com alguma coisa e não que necessariamente irão atacar aquela coisa. Sendo assim, eles ” aumentam” seu tamanho para o objeto estranho, parecendo ser maior e mais assustador e quem sabe assustar também o possível oponente. Junto ao eriçamento dos pelos, eles também conseguem arquear as costas, formando uma corcova e então, passam a andar de lado. ( quem não se diverte com um gatinho filhote fazendo isso várias vezes?)

Agora , se além de tudo isso o gato ainda apresentar pupilas dilatadas, boca aberta com dentes à mostra e estiver bufando,  a chance de acontecer um ataque é grande. E também há gatos que atacam tendo mostrado eriçamento somente numa faixa estreita sobre a coluna vertebral. Embora ainda há muita gente que acredite nisso, um gato não ataca facilmente e nem á toa, já que o instinto natural dele ao se deparar com algo que o assuste é simplesmente fugir.

Para dúvidas entre em contato através da fan page Isa Casline Veterinária.

Gatos e o ronronar. Porque isso acontece?

Padrão

linguagem-corporal-gatos

Quando eu era pequena lá em Minas( parece piada, mas não é) vivia escutando da minha mãe, que eu não podia ter gatos, porque a minha avó sempre falou que aquele ” chiado” que eles faziam era prejudicial à minha saúde  e eu poderia ter sérios problemas pulmonares. Nessa mesma época, sem ter nenhum gato em casa , contraí uma bronquite, devido à fumaça de cigarro , juntamente com a casa encarpetada e isso bastou para que meus pais acreditassem que um gato, na verdade, não me traria esses problemas. E assim, uns dois anos depois, ganhei minha primeira gatinha e nunca tive nenhuma crise respiratória ao contato dela.

Mas muita gente, ainda hoje, acredita que o ronronar ocasiona problemas respiratórios, como se não bastasse todo misticismo já em volta dos bichanos. Então, porque isso acontece?

Hoje se sabe que o ” motorzinho” é produzido pelo contrair rítmico dos músculos da laringe e do diafragma, ao expirar ou inspirar e cada gato tem o seu próprio. Há ainda teorias que dizem que o som do ronronar vem do sangue quando passa pela artéria aorta, entre outras. Uns ronronam bem baixinho e outros ainda, bem alto.

Pesquisadores acreditam que essa era uma forma de se comunicar dos filhotes com a mãe ou com os irmãos, mas com a domesticação, esse padrão se manteve por toda vida adulta. Gatos ronronam de prazer, pra pedir comida ou carinho ao dono e há ainda pesquisas relatando que podem ronronar até quando estão com dor.

Portanto, não é nenhum problema respiratório como podemos concluir.

Gatos são tão bons companheiros quanto cachorros. Nunca tenha medo de ter um!

Dúvidas? Escreva aqui Isa Casline Veterinária

O sumiço da Pelota

Padrão

1908176_787071708040898_714079020393187695_n

Hoje eu só queria falar da Pelota, aí em cima! Ela é a gatinha da minha prima Vanessa, que a resgatou bem pequena mesmo e a criou na mamadeira. Na ultima sexta feira 13, a Pelota desapareceu. Sim, sexta feira 13!

Sempre postamos coisas nas redes sociais e falamos aos clientes dos perigos de se deixar gatinhos pretos vagando por aí, porque infelizmente ainda tem muita gente ignorante que faz maldade com eles. E muita gente que os usa para rituais em certas crenças. Mas a Pelota, já castrada, nem saía de casa, mal ficava no quintal e nem no muro subia. Alguém, com certeza, já sabendo da bichinha ali, num momento de distração da família, aproveitou e levou a gatinha consigo. Ela, segundo minha prima, era bem tranquila e bobinha.

Posso imaginar o desespero da minha prima, eu também tenho meu pretinho, assim como outros bichanos. No momento o que posso fazer é contar a história dela pra vocês e pedir muito pra São Francisco que ela fique bem!

Muito triste saber que isso pode acontecer com qualquer bicho nosso; que o mundo ainda tá longe no quesito respeito aos animais….

Isa Casline Veterinária

Toxoplasmose e as mulheres grávidas

Padrão
IMG-20140905-WA0016

Pandora, 2 anos, proprietário: André Carvalho. Não tem cara de quem faz algum mal à alguém ne?

Recebo muitas mulheres com dúvidas sobre esse importante tema. Dúvidas não somente, como também com muitos medos. Muitas já querendo doar o pobre do gato porque ouviram da vizinha, da tia ou de qualquer conhecido que o gato faz muito mal a uma mulher grávida e que ela pode abortar. Primeiro vamos explicar resumidamente o que é a toxoplasmose: É uma doença infecciosa , causada pelo protozoário toxoplasma gondii, que sim,  acarreta sérios danos a gestação e pode causar abortos, como nascimento de fetos mal formados. O gato e outros felinos são os hospedeiros definitivos e eliminam os oocistos( ovos) do protozoário através das fezes. Eles adquirem esses cistos ingerindo pássaros ou ratos. E então começam a eliminar esses oocistos ( prestem bem atenção nessa parte!) por um período de até 15 dias,sendo que provavelmente esta será a ÚNICA vez que o gato irá eliminar esses oocistos durante sua vida. Esses oocistos então no ambiente , levam de um a cinco dias para se tornarem infectantes. A transmissão ocorre pela ingestão de alimentos infectados por esses oocistos, como verduras mal lavadas e carnes mal passadas, lembrando que o gato faz o cocô na terra o que pode infectar hortas e animais de consumo que consumam essas verduras, como porcos e carneiros. Isso quer dizer que a simples presença do gato na sua casa nao fará com que vc se infecte com a doença. Primeiro porque você precisaria ingerir esses oocistos através das fezes do seu gato, o que é bem improvável né?Resumindo, você precisaria ingerir o cocô do gato( hein??) E segundo porque mesmo que seu gato tenha tido contato com a doença ele eliminou ou eliminará esses oocistos uma vez na vida dele! E segundo toda a literatura veterinária , a forma mais fácil de alguém se contaminar com o toxoplasma não é tendo gatos e sim ingerindo carne mal passada. Só pelo simples fato de se limpar a caixinha de areia do gato uma vez ao dia, já torna o risco de contaminação muito baixo, uma vez que o oocisto demora de um a cinco dias para se tornar infectante, no ambiente. E outras coisa importante citada na literatura, é que dados indicam que mais da metade da população do mundo tem anticorpos específicos contra a doença, o que significa que essas pessoas já estiveram infectados pela doença, mas não desenvolveram os sintomas. Então, o conselho para as gestantes é de que deixem para outra pessoa limpar a caixinha de areia do seu bichano e principalmente, evitem comer carnes mal passadas e cuidado com verduras também! Tá vendo, não precisa se desfazer do seu bichinho não!!  E cuidado com os terrorismos sobre esse assunto por aí. Na dúvida, sempre consulte um médico veterinário.
Precisando de alguma orientação, deixe um recado pra mim aqui Isa Casline Veterinária