O transporte de cães e gatos nos ônibus municipais paulistanos

Padrão

viagem-de-onibus-com-o-cachorro

Para felicidade de muitos proprietários, há pouco mais de um mês já está em vigor, a lei que permite o transporte de cães e gatos dentro dos ônibus municipais.

Mas como ela funciona?

Os animais que podem ser transportados são os cães até 10 kilos e gatos, sendo que tem que estar dentro de caixinhas de transporte. O ônibus não pode levar mais que dois animais por vez e também não é permitido levar animais nos horários de pico, que são entre 6 e 10 horas da manhã e entre as 16 e 19 horas. O proprietário deve portar a carteirinha de vacinação que tem que estar em dia e deve-se pagar o preço cheio da passagem que é de R$ 3,50.

E como as pessoas estão reagindo a essa novidade?

Segundo li na internet , os relatos são de que os animais são bem recebidos pelos motoristas e cobradores e pouca gente se incomoda, mesmo quando o proprietário usa um assento para apoiar a caixinha com o animal dentro. Houve muitos casos em que não foi cobrada a passagem do peludo, embora conste na lei que deve ser paga. Para os proprietários, mesmo que a passagem tenha que ser paga, é muita vantagem já que o único meio até então de transportar o animal era com o taxi dogs que cobram um valor bem maior para esse serviço especializado.

E você, já levou seu bichinho dentro do ônibus? Conte pra gente aqui no blog ou na fan page Isa Casline Veterinária

Feliz 2015! Para você e seu peludo!!

Padrão

Terminei 2014 falando sobre cuidados no transporte de pets e também sobre hospedagens para essa época de festas.

Acredito que é sempre bom começar o ano com notícias boas e aqui passo pra vocês o feed back positivo que tive de uma amiga , que com as recomendações sobre viagens, conseguiu viajar e desembarcar feliz no seu destino com suas duas mocinhas peludas.

A Cissa e a Calu, viajaram de avião, por 4 horas , dentro de malinhas de transporte adequadas, e no chão do assento junto com a Cinthia. Para isso, ela ligou antes na companhia aérea e se informou de tudo. Levou consigo dois atestados de saúde e as carterinhas de vacinação. A Cissa, que tem um pequeno problema cardiológico e era a principal preocupação, foi tranquila e tomou apenas umas gotinhas de medicação para enjôo, que a deixou um pouco sonolenta . A companhia não exigiu sedação dos animais.

Abaixo,fotos da viagem:

Cissa e Calu, nos preparativos da viagem, cada uma na sua malinha.

Cissa e Calu, nos preparativos da viagem, cada uma na sua malinha.

Embarcando as meninas!

Embarcando as meninas!

Embarcando com as meninas!

Embarcando com as meninas!

Já dentro do avião! Nos pés dos donos...

Já dentro do avião! Nos pés dos donos…

Finalmente, a chegada! Desembarcando no aeroporto de destino e todo mundo feliz!

Finalmente, a chegada! Desembarcando no aeroporto de destino e todo mundo feliz!

Qualquer dúvida sobre assuntos pet, pode entrar em contato através do blog ou pela fan page Isa Casline Veterinária

Levando seu pet com você…de ônibus ou avião!

Padrão

No post anterior , falei do transporte dos animais no carro, mas muitas pessoas querem levar seu bichinho pra outros destinos ,necessitando para isso o transporte em ônibus ou avião.

A primeira coisa a se fazer é ligar nas companhias aéreas ou rodoviárias e se informar das exigências e documentos necessários para o embarque do animal. Cada uma segue um protocolo. Existem linhas rodoviárias que permitem que você carregue seu animal junto com você se ele tiver até 8 kilos e outras permitem apenas animais menores. Companhias aéreas geralmente levam seu animal junto com você se ele tiver até 5 kilos, senão ele terá que ir no compartimento de bagagem, o que a princípio pode parecer um horror, mas temos muitos relatos de animais que foram transportados junto com as bagagens e foram bem tratados. Mas atenção sempre ligue na empresa que irá transportar seu bicho. Infelizmente algumas recebem muitas reclamações  de casos de maus tratos e até de que por descuido deixaram o bicho escapar. Na dúvida, pesquise na internet, você sempre irá encontrar por lá relatos positivos ou negativos sobre a empresa.

Hoje em dia, segundo o Ministério da Agricultura,os documentos necessários para o trânsito de animais pet, são o atestado de saúde animal, emitido pelo Médico Veterinário e com validade de 10 dias da data da viagem, acompanhado da carteirinha de vacinação que deve estar com as vacinas atualizadas. Algumas empresas pedem que o animal receba uma pequena sedação. Se informe com seu veterinário, pois existem sedativos orais que podem ser dados nas viagens.

Se tiver alguma dúvida, só falar comigo aqui na fan page Isa Casline Veterinária

viagem-aviao-animal-estimacao-2

Viajando com seu peludo….de carro!

Padrão

Este é mais um post da série “posts de final de ano”.

Anteriormente eu falei sobre hotelzinho para animais, uma opção bem procurada para quem vai viajar e deixar seu animal sendo cuidado por pessoas responsáveis. Mas, tem aquelas pessoas que podem e não abrem mão de levar seu peludo junto nas viagens.

Hoje em dia já existem alguns hotéis que aceitam animais, para nossa alegria. E também pessoas que levam os companheiros tanto  para casas na praia, chácaras e etcs. E como proceder nesse caso? Algum cuidado especial?

Bom, primeiro deve se pensar na segurança deles. O certo é você tratar de levá-lo dentro de uma caixa de transporte, que tenha um espaço mínimo para ele ficar confortável e nunca solto no carro , pois isso pode claramente comprometer a segurança de todo mundo que está dentro do veículo, caso o animal se assuste por algum motivo e chegue a atrapalhar o motorista. Vende-se também em pet shops um cinto de segurança para cachorros , que você pode acoplar no cinto de segurança no carro e desta forma ele ficará seguro e protegido no banco de trás (indicado para cães de grande porte). Para gatos, o recomendável é mesmo a caixa de transporte. Fora que é proibido viajar com animais sem estarem sendo transportados adequadamente; você pode ser parado pelo policial rodoviário e isso gerará multa e pontos na carteira. O animal deve estar sempre viajando com a carteira de vacinação em dia, assim como com a vermifugação em ordem.

Lembrando que quem leva cachorros pra praia deve protegê-los contra o verme do coração que é transmitido por um mosquito litorâneo. Você também encontra esses produtos em lojas veterinárias.

Procurar nunca viajar com o animal em altas temperaturas do dia, para não ocorrer perigo de  hipertermia. Levar sempre água para oferecer durante o caminho, e fazer paradas para que o animal possa se exercitar um pouco. Existem ainda animais que sentem muitos enjôos andando de carro, e eu recomendo alguns medicamentos para que eles não sofram esse desconforto durante o percurso, mas o correto é não oferecer comida nem na hora, nem durante a viagem. Há ainda alguns calmantes fitoterápicos para os mais estressados ou ansiosos e devem ser dados dias antes da viagem.

bolsa-caixa-transporte-passeio-tam-p-ces-gatos-coelhos-14184-MLB214082554_2323-F bigPhoto_0 gulliver_1_900

Para dúvidas sobre medicamentos a serem levados ou usados durante a viagem, consulte seu veterinário.

Se tiver dúvidas, entre em contato comigo pela minha fan page Isa Casline Veterinária