Viajando com seu peludo….de carro!

Padrão

Este é mais um post da série “posts de final de ano”.

Anteriormente eu falei sobre hotelzinho para animais, uma opção bem procurada para quem vai viajar e deixar seu animal sendo cuidado por pessoas responsáveis. Mas, tem aquelas pessoas que podem e não abrem mão de levar seu peludo junto nas viagens.

Hoje em dia já existem alguns hotéis que aceitam animais, para nossa alegria. E também pessoas que levam os companheiros tanto  para casas na praia, chácaras e etcs. E como proceder nesse caso? Algum cuidado especial?

Bom, primeiro deve se pensar na segurança deles. O certo é você tratar de levá-lo dentro de uma caixa de transporte, que tenha um espaço mínimo para ele ficar confortável e nunca solto no carro , pois isso pode claramente comprometer a segurança de todo mundo que está dentro do veículo, caso o animal se assuste por algum motivo e chegue a atrapalhar o motorista. Vende-se também em pet shops um cinto de segurança para cachorros , que você pode acoplar no cinto de segurança no carro e desta forma ele ficará seguro e protegido no banco de trás (indicado para cães de grande porte). Para gatos, o recomendável é mesmo a caixa de transporte. Fora que é proibido viajar com animais sem estarem sendo transportados adequadamente; você pode ser parado pelo policial rodoviário e isso gerará multa e pontos na carteira. O animal deve estar sempre viajando com a carteira de vacinação em dia, assim como com a vermifugação em ordem.

Lembrando que quem leva cachorros pra praia deve protegê-los contra o verme do coração que é transmitido por um mosquito litorâneo. Você também encontra esses produtos em lojas veterinárias.

Procurar nunca viajar com o animal em altas temperaturas do dia, para não ocorrer perigo de  hipertermia. Levar sempre água para oferecer durante o caminho, e fazer paradas para que o animal possa se exercitar um pouco. Existem ainda animais que sentem muitos enjôos andando de carro, e eu recomendo alguns medicamentos para que eles não sofram esse desconforto durante o percurso, mas o correto é não oferecer comida nem na hora, nem durante a viagem. Há ainda alguns calmantes fitoterápicos para os mais estressados ou ansiosos e devem ser dados dias antes da viagem.

bolsa-caixa-transporte-passeio-tam-p-ces-gatos-coelhos-14184-MLB214082554_2323-F bigPhoto_0 gulliver_1_900

Para dúvidas sobre medicamentos a serem levados ou usados durante a viagem, consulte seu veterinário.

Se tiver dúvidas, entre em contato comigo pela minha fan page Isa Casline Veterinária

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *