Ossos de frango são perigosos?

Padrão
Safira não resistiu a um osso de frango que foi dado pelo vizinho sem conhecimento da proprietária.

Safira não resistiu a um osso de frango que foi dado pelo vizinho sem conhecimento da proprietária.

Quando eu tinha 8 anos, descobri que sim, esses ossos eram perigosos. Perdi meu primeiro cachorro, um fox paulistinha, que ingeriu um osso de galinha e teve perfuração intestinal. Ele tinha 2 anos.

Essa semana, me deparei novamente com essa situação, quando uma paciente minha, uma Rott de 12 anos, ingeriu um osso de frango, não dado pela proprietária, mas pelo vizinho, que tinha feito churrasco. Só fomos descobrir no ultra som a presença do osso e infelizmente Safira não resistiu, por isso resolvi falar desse assunto.

Ocorre que ao serem mastigados, depois de cozidos ou assados, esses ossos formam lascas( assim como ossos de costela)por terem ficado mais rígidos, que conseguem perfurar o trato gastrointestinal, levando a um quadro muito sério de infecção. O prognóstico nesses casos, mesmo com cirurgia feita a tempo, é sempre reservado, então precisamos ter muito cuidado. Existem alguns ossos que são mais seguros, geralmente que se compram em açougues mesmo, e que são grandes, até com pedaços de tendão e que devem ser oferecidos crus mesmo. Quando o cão desgastar o osso e ele diminuir, troque por outro. Não sei se já comentei, mas não sou nada fã daqueles ossinhos de couro que vendem em pet shop. Também podem ser bem perigosos.

Para outras dúvidas, entre em contato aqui, ou na fan page Isa Casline Veterinária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *