Terapia Assistida com Animais

Faz um tempo já, vi nas redes sociais, comentários sobre a novela das nove que passava na época. Lá, as pessoas ironizavam o fato de uma menina, personagem que tinha sido transplantada, estar na companhia do seu cão, e fazendo carinhos nele. Achavam um absurdo um cachorro perto de uma menina que tinha passado por uma cirurgia tao drástica e uma das pessoas desses comentários até disse que beijar e abraçar um cachorro não deveria ocorrer nem com pessoas saudáveis.

É triste. Muita gente desconhece ainda os benefícios que um animal de estimação pode ter na vida dos outros ou na própria vida. Cresce hoje em dia o número de terapia assistida com animais de estimação. O que é isso? Bem, quem nunca ouviu falar por aí de animais entrando dentro de hospitais , em alas de pessoas com câncer, idosos ou outras doenças mais , pois isso colabora na melhora imunológica do paciente? Sim, gente, é verdade. Temos grandes centros de tratamento que fazem esse tipo de terapia. Vou tentar explicar melhor por uma definição que achei:

“TAA( Terapia assistida por animais): Tem como objetivo a introdução do animal junto a um indivíduo ou grupo onde o animal é parte integrante do processo de tratamento.

É dirigida e/ou realizada por um ou mais profissionais do serviço de saúde com perícia especializada, e dentro do espaço da prática de sua profissão. Dirigida para promover a saúde física, social, emocional e/ou funções cognitivas. “

Esse tipo de terapia já acontece no Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, nas alas pediátricas e enfermaria; no Hospital das Clínicas, no centro de reabilitação;na Associação de Assistência Social Recanto da Vovó, na terapia cognitiva com idosos, e em vários outros locais de São Paulo, que trabalham com idosos e crianças.

Os benefícios são inúmeros como: sensação de felicidade, interação e comunicação dos indivíduos, diminuição da depressão,aumento da prática de exercícios, facilitando a terapia,aumento da memória, concentração e percepção da realidade, aumento de auto estima, entre outros. Isso tudo faz com que haja diminuição do estresse, da ansiedade e até das doses de medicamentos, o que faz com que o organismo melhore a resposta ao tratamento.

Por isso gente, sempre que alguém vier com aquela frase :” ai, mas o bicho é sujo, tá cheio de micróbio”, tenha essa informação na ponta da língua, assim quem sabe conseguiremos diminuir o preconceito que ainda existe contra os animais e aumentar ainda mais o respeito que devemos ter por eles.

Tenho uma amiga , veterinária também, que já há uns tempos, faz esse trabalho maravilhoso , juntamente com a Linguinha, e as duas fazem parte do Instituto Cão Terapeuta. Entra lá no site depois. Tenho certeza que vocês vão adorar o trabalho que eles fazem. Talvez tenha até alguém aí, que vai ler o artigo, e vai querer entrar nessa área de voluntariado, que é tão legal.

Essa linda de viver aí embaixo é a  Linguinha, no seu trabalho voluntário.

11580_10203331956486151_1827852849_n 1016454_10203331958486201_1637002912_n 10423706_10204395568515787_3620899263696826185_n 1618583_10203332003767333_1772782841_n

 Esses dois queridos aí em cima, são a Fe e o Chris, pais da Linguinha .

Se alguém tiver alguma dúvida sobre este assunto ou qualquer outro relacionado ao seu peludo, pode entrar em contato comigo por aqui , ou pela minha fan page Isa Casline Veterinaria.

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *